“A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa. “

(Jô Soares)

É desta forma que iniciamos um texto simples sobre esta palavrinha que há décadas nos incomoda: CORRUPÇÃO.


Palavra esta, que traz consigo um outro termo o tanto quanto prejudicial à nossa Nação: a IMPUNIDADE.

E por que não falar também sobre uma outra palavrinha chave que preenche este contexto – ACOMODAÇÃO.


É com este tripé formado pela própria sociedade brasileira, que políticos e empresários executam os seus planos para promover a bandidagem, roubando dos cofres públicos o nosso dinheirinho conquistado com tanto suor e trabalho.

Contudo, pior do que termos políticos corruptos comandando o nosso País, é vivermos numa Nação em que  a impunidade predomina frente à nossa Justiça; e que ainda assim,  o nosso Povo permanece tão acomodado diante de toda essa situação.

Percebemos que o povo vai até os treinos dos jogadores do seu time de futebol favorito, quebra os seus carros, os vidros dos estabelecimentos, mas que não se levanta para protestar sobre os milhões de reais escondidos em cuecas, malas e até em mansões de seus representantes nacionais.

O povo ainda prefere ficar bem acomodado no seu sofá, tomando a sua cervejinha, assistindo novela e futebol, ao invés de ir às ruas lutar por um país melhor de se viver, exercendo a sua Cidadania.

Para isso, o Portal da Cidadania realiza a Campanha “Lute por um País com Vergonha na Cara!” .

Não devemos tolerar mais a corrupção e nem os políticos que fazem da vida pública uma extensão dos seus interesses privados. E esta indignação tem de ser geral, de Norte ao Sul do País!


É importante lembrar, que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) lançou o site OBSERVATÓRIO DA CORRUPÇÃO (http://observatorio.oab.org.br/), que pretende servir como um instrumento para monitorar a tramitação de processos de improbidade administrativa, corrupção, peculato e outras modalidades de desvio de dinheiro público.

Através do site, usuários podem enviar denúncias de casos a serem monitorados pela OAB. Segundo a entidade, a Comissão Especial de Combate à Corrupção e à Impunidade da OAB fará uma triagem das informações recebidas e, em seguida, seus membros devem visitar as autoridades envolvidas para verificar a situação do processo e cobrar providências. A OAB indicou que, caso as informações não sejam obtidas no prazo de 30 dias, procurará as autoridades superiores para dar andamento à questão.

Vamos contar com mais este recurso, que na verdade é uma arma da sociedade para combater a corrupção no País.

Vamos utilizar esta ferramenta quando for preciso para colocarmos dentro da cadeiaos ratos que estão no poder!

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE:

http://cirojorge.com.br/politica-de-privacidade/

No related posts.

Posts relacionados trazidos a você pelo Yet Another Related Posts Plugin.