O Direito Eletrônico no Brasil

Apresentação:

Os Riscos na Internet:

A necessidade do avanço da Legislação brasileira em âmbito do Direito Eletrônico:

“Lei da Lan House” – Cadastro Obrigatório:


Acima, uma entrevista concedida à “Tribuna Livre do Povo” da Querida Jeanete Aguiar, abordando o Direito Eletrônico e as ações de Cidadania no Brasil.

Abaixo, alguns exemplos de que a Justiça realmente pode funcionar, mesmo em âmbito virtual, para punir aqueles que fogem dos parâmetros da Lei:



http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4203795-EI5030,00-Advogado+e+preso+por+pedofilia+na+internet+em+Sao+Paulo.html

http://www.diariodeumjuiz.com/?p=2377

http://googlediscovery.com/2011/08/04/google-brasil-e-condenado-por-foto-de-menor-nua-no-orkut/


Dizer que ‘usar’ a Internet é fácil, seria uma falácia.

Também afirmar que qualquer criança de 8 anos , hoje em dia, ‘sabe’ usar a Internet, seria da mesma forma, implausível.

Então como adequar o termo “comportamento” no Mundo Virtual de hoje em dia?


SIMPLES ASSIM:

USAR a Internet com consciência social.

UTILIZAR a Rede Mundial de Computadores com Responsabilidade.

Fazer uso da interação com os outros internautas sempre pensando no bem do próximo.

Sim, estas seriam as melhores formas de afirmar com plena convicção de que “sabemos usar” a Internet.

- E talvez aprendemos estas lições no Pré-Escolar. Sem precisar ao menos de um computador para isso.


Mas outro dia conversei com um Amigo que não via há tempos.

Ele me contou que viu uma menina pelada na Internet.

Perguntei primeiro qual era a idade da menina. Ele respondeu: 17 anos.

Alguém aí chamaria a Polícia ??


Meu Amigo também tem 17 anos e  já é bem ‘sabidinho’. Tive uma conversa com os seus pais e lavei a minha alma. Mas mesmo assim questionei se ele não havia reparado se a imagem era mesmo da tal menina. Ele respondeu que não fazia ideia, e que isso também não era importante.

Mal sabe ele da existência de certos programas, tais como SoftCam e Camtasia

- Perguntei pra mim mesmo: em que Mundo estamos?


Sim, Caro Amigo Leitor – Estamos no Mundo da Internet.

Nem precisamos de uma ‘Odisséia no Espaço’ para termos a prova de que já chegamos ao Novo Século.

Crianças trocam a bolinha de gude pelos joguinhos do computador.

Adolescentes tiram a roupa na frente da webcam.

Adultos são traídos virtualmente.

Puritanismo? Não! Que nada! Eu até tenho vergonha de dizer que ainda o tenho…


O pior é que também é um Mundo em que o Cidadão acaba sendo um bebê de 6 meses de idade, em que o Estado é quem tem de ditar a ele o que deve ser feito, através de regras ou normas.

E já que o Cidadão é um bebezinho ingênuo, cresce ainda mais a responsabilidade do Representante Político ELEITO que dita as regras a serem seguidas.


De qualquer forma, que bom que o Estado está criando Leis que estejam cerceando tudo isso, não é verdade?

Putz! O pior é que não… O Estado e a Lei não estão “nem aí” pra isso…

E os nossos Legisladores?? Bom, fomos nós quem colocamos eles lá, não é mesmo? Então, consequentemente, na verdade SOMOS NÓS que não estamos ‘nem aí’ pra todas estas “coisas” ocorridas na Internet…


O que fazer pra mudar esta situação?

Já existiram diversos projetos mostrados neste Site que procuram este caminho.

No entanto, o mais óbvio e concreto foi encontrar o VOTO como a melhor arma pra isso tudo.

Então: 2012 vem aí, hein!

Prezado Cara Pálida, o senhor estará EM ANO DE ELEIÇÃO!




DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE:

http://cirojorge.com.br/politica-de-privacidade/

No related posts.

Posts relacionados trazidos a você pelo Yet Another Related Posts Plugin.