Em 1986, eu me direcionava todo feliz até a 1ª Aula de Alfabetização. Equipado com minha merendeira recheada de biscoitos cream cracker e do meu par de tênis kichute, havia esperado pela minha vida inteira por aquele momento –  enfim iria aprender a ler e a escrever.

Tudo isso seria incrível, afinal, eu poderia assim acompanhar sozinho às minhas Histórias em Quadrinhos favoritas.

No entanto, logo na 1ª semana de aula, pude perceber que nem tudo seria milhões de maravilhas, tendo em vista que criei conflitos e rivalidades com a turma de meninos mais fortões da Escola, bem como, com os mais populares.

Continua (…) Leia Mais sobre isto »